Política

Alems cancela sessão e decreta luto oficial de 3 dias pela morte de Cabo Almi

Cabo Almi estava internado desde 5 de maio no Hospital da Cassems, em Campo Grande

Renata Volpe Publicado em 25/05/2021, às 07h32

Cabo Almi (PT) morreu vítima da Covid-19
Cabo Almi (PT) morreu vítima da Covid-19 - Divulgação

A Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) decretou luto oficial de três dias, pela morte do deputado estadual Cabo Almi (PT) vítima de Covid-19 na última segunda-feira (25). A sessão plenária remota desta terça-feira (25) foi cancelada. 

O Governo de Mato Grosso do Sul também decretou o luto oficial de três dias pela morte do parlamentar. 

Almi, de 58 anos, estava internado no Hospital da Cassems, em Campo Grande, desde 5 de maio. Quando descobriu a doença, estava com 50% do pulmão comprometido e se tratou em casa. 

Mas, como piorou, ele foi entubado dois dias depois. Cabo Almi foi eleito vereador de Campo Grande em 1996 e conquistou mais dois mandatos nas urnas. Em 2010, foi eleito deputado estadual pela primeira vez, sendo reeleito por duas vezes.

No ano passado, Onevan de Matos (PSDB) morreu vítima da doença. Diagnosticado em setembro, ele chegou a ser internado e receber alta, mas retornou e acabou transferido para São Paulo. O tucano faleceu em novembro, vítima de complicações da doença.

Jornal Midiamax