Política

Agendão: Confira onde serão atos em Campo Grande por Bolsonaro no 7 de setembro

Carreata, motociata, bicicleata e manifestações na Praça do Rádio Clube estão na agenda

Renata Volpe Publicado em 02/09/2021, às 07h28

None
Divulgação

Os atos marcados para o dia em que é comemorada a Independência do Brasil, 7 de setembro, prometem agitar Campo Grande na manhã do feriado com carreta, motociata, bicicleata e protestos na Praça do Rádio Clube, região central da cidade. 

Marcado às 10h, o movimento Endireita MS organiza manifestantes para se reunirem na Praça do Rádio Clube. De acordo com um dos organizadores, Rafael Tavares, a expectativa é que seja a maior manifestação da história do Brasil. 

Uma comitiva é organizada para sair do Estado, a caminho de Brasília. “Sairão 30 ônibus a caminho de Brasília. Em Campo Grande, teremos manifestação às 10h na praça do Rádio”.

De acordo com Tavares, a pauta principal é a defesa da liberdade. “O ministro Alexandre de Moraes rasgou a Constituição e deve ser julgado pelo Senado Federal. A pressão é toda em cima do Rodrigo Pacheco, que tem por obrigação colocar o pedido de impeachment para ser votado”.

Motociata

A motociata é organizada pelo deputado estadual Capitão Contar (PSL). A reunião dos motociclistas está marcada para as 8h45, no estacionamento do Yotedy, na rua Antônio Maria Coelho. A saída do local será às 9h, para encontro com os outros manifestantes.

O percurso é de 20 quilômetros, saindo do Yotedy, passando pelo Parque dos Poderes, Avenida Afonso Pena, Base Aérea e retornando para a Afonso Pena, quando o grupo deve dispersar. 

Bicicleata

Manifestantes de bicicleta também podem participar do manifesto, sendo que a concentração será no Yotedy, com o mesmo percurso. 

PM

No dia da manifestação, a Polícia Militar estará com as equipes normais de serviço e também com as tropas especializadas “choque e cavalaria” de prontidão para caso necessite do pronto emprego.

A expectativa da PM é que a manifestação seja pacífica. A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) tem planejamento voltado para comemoração do Dia da Pátria.

Jornal Midiamax