Política

Vereadores votam projeto de lei que prevê novo modelo na construção em Campo Grande

Está pautado para esta terça-feira (2), na Câmara Municipal de Campo Grande, projeto de lei que prevê criação de estratégia municipal de disseminação do building information modelling. O termo significa modelagem da informação da construção e diz respeito ao conjunto de tecnologias e processos integrados que permitem a criação, utilização e atualização de modelos digitais […]

Mayara Bueno Publicado em 02/06/2020, às 07h52

(Cyro Clemente, Divulgação Plaenge)
(Cyro Clemente, Divulgação Plaenge) - (Cyro Clemente, Divulgação Plaenge)

Está pautado para esta terça-feira (2), na Câmara Municipal de Campo Grande, projeto de lei que prevê criação de estratégia municipal de disseminação do building information modelling. O termo significa modelagem da informação da construção e diz respeito ao conjunto de tecnologias e processos integrados que permitem a criação, utilização e atualização de modelos digitais de uma construção.

De acordo com o texto, de autoria do vereador André Salineiro, o sistema é adotado de modo colaborativo, ‘de forma a servir potencialmente a todos os participantes do empreendimento, durante o ciclo de vida da construção’.

Se aprovada, a proposta deverá na prática dar condições favoráveis para o investimento público e privado, estimular a capacitação e o desenvolvimento de normas técnicas, guias e protocolos específicos, além de incentivar a concorrência no mercado.

“O processo de implantação é longo e, conforme estimativa Federal, a expectativa é que até 2028 todo o ciclo de vida da obra esteja abrangido pelo BIM, incluindo, ainda, as atividades pós-obra”, afirma o autor na justificativa da medida.

Segundo o texto, a aplicação desta modelagem é ‘crescente no Brasil’ e provoca ‘revolução no ramo da construção civil, uma vez que tal metodologia atinge toda a cadeia produtiva envolvida, sobretudo no que tange às áreas da arquitetura, engenharia e construção’.

Jornal Midiamax