Política

Prazo para convenções se afunila e Campo Grande já tem sete candidatos a prefeito

Os partidos e coligações para chapas majoritárias têm até quarta-feira (16) para definir seus candidatos a prefeito de Campo Grande nas eleições deste ano. Até agora, a Capital tem sete nomes confirmados na corrida pelo Executivo municipal. Mais três candidatos foram definidos no último fim de semana. O PV (Partido Verde) decidiu por Marcelo Bluma na disputa […]

Jones Mário Publicado em 14/09/2020, às 14h51 - Atualizado em 15/09/2020, às 07h44

(Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)
(Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Os partidos e coligações para chapas majoritárias têm até quarta-feira (16) para definir seus candidatos a prefeito de Campo Grande nas eleições deste ano. Até agora, a Capital tem sete nomes confirmados na corrida pelo Executivo municipal.

Mais três candidatos foram definidos no último fim de semana. O PV (Partido Verde) decidiu por Marcelo Bluma na disputa pela prefeitura. O candidato a vice é o pastor José Alvarenga.

Bluma concorreu ao mesmo cargo em 2016, quando recebeu 10.707 votos e terminou na quinta posição do pleito que levou Marquinhos Trad (PSD) e Rose Modesto (PSDB) à definição no segundo turno.

Engenheiro, o candidato pelo PV já foi vereador da Capital e também concorreu ao governo do Estado em 2018.

Ontem (13), o PT (Partido dos Trabalhadores) ratificou a candidatura de Pedro Kemp ao Executivo municipal. O deputado estadual terá Eloísa Berro como vice.

Kemp tenta a cadeira no Paço Municipal pela primeira vez. O petista também já ocupou vaga na Câmara de Vereadores e está em seu quarto mandato na Assembleia Legislativa.

Racha no PSL

O domingo (13) ainda serviu para o PSL (Partido Social Liberal) bater o martelo pela candidatura do deputado federal LoesterTrutis à prefeitura de Campo Grande. A vice aprovada foi a corretora de imóveis Lilian Durães.

Porém, a definição deve ser revista, pois a presidente regional do partido em Mato Grosso do Sul, senadora Soraya Thronicke, dissolveu a executiva municipal. Ela também foi ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), hoje (14), e protocolou pedido de impugnação da convenção realizada. Outra foi marcada para esta quarta-feira (16).

O imbróglio se deve à “virada de mesa” durante a reunião de domingo. O vereador Vinicius Siqueira era dado como certo na cabeça de chapa do PSL. Porém, Loester Trutis teria apresentado pesquisas encomendadas pela legenda que mostrariam seu nome mais competitivo que o do colega. Assim, o vereador acabou preterido.

Siqueira alega traição. Pelo menos três correligionários alinhados a ele retiraram suas candidaturas da chapa para vereador.

Prazo para convenções se afunila e Campo Grande já tem sete candidatos a prefeito
Esacheu Nascimento, candidato a prefeito pelo Progressistas (Foto: Divulgação)

Mais candidatos a prefeito

Outros quatro partidos já aprovaram candidatos a prefeito de Campo Grande. O PDT (Partido Democrático Trabalhista) escolheu o deputado federal Dagoberto Nogueira. A candidata a vice é Kelly Costa.

O Novo disputa sua primeira eleição municipal com Guto Scarpanti na cabeça de chapa. A vice do partido é Priscila Afonso.

Já o Progressistas deliberou a candidatura do ex-presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento. Seu braço direito na majoritária será Venício Leite.

O Avante escolheu o procurador de Justiça licenciado Sérgio Harfouche. O vereador André Salineiro compõe a chapa com candidato a vice-prefeito.

Encaminhados

O Republicanos deve lançar Wilton Acosta como candidato logo mais, às 19h, em convenção municipal.

Amanhã (15), o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) se reúne para definir a candidatura do deputado estadual Márcio Fernandes.

Também nesta terça-feira, o PSD (Partido Social Democrático) carimba Marquinhos Trad como candidato à reeleição.

Por sua vez, o PL (Partido Liberal) ainda deve confirmar o deputado estadual João Henrique Catan nesta terça.

O último dia para convenções já tem a do PSC (Partido Social Cristão) marcada, quando o nome de Paulo Matos deve ser definido para concorrer ao Executivo municipal.

Conforme calendário eleitoral, partidos e coligações têm até 19h do dia 26 de setembro para registrar candidaturas na Justiça Eleitoral. A documentação também pode ser transferida via internet, até 8h do dia seguinte.

Jornal Midiamax