Política

PDT crava candidatura e Dagoberto volta a disputar prefeitura após 16 anos

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) oficializou, hoje (3), a candidatura de Dagoberto Nogueira Filho e Kelly Costa, respectivamente aos cargos de prefeito e vice de Campo Grande nas eleições deste ano. A convenção que bateu o martelo foi realizada por videoconferência.  Deputado federal em seu terceiro mandato, Dagoberto volta a disputar a cadeira do Executivo da […]

Jones Mário Publicado em 03/09/2020, às 14h26 - Atualizado em 04/09/2020, às 07h42

Dagoberto e Kelly durante convenção do PDT em Campo Grande (Foto: Assessoria)
Dagoberto e Kelly durante convenção do PDT em Campo Grande (Foto: Assessoria) - Dagoberto e Kelly durante convenção do PDT em Campo Grande (Foto: Assessoria)

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) oficializou, hoje (3), a candidatura de Dagoberto Nogueira Filho e Kelly Costa, respectivamente aos cargos de prefeito e vice de Campo Grande nas eleições deste ano. A convenção que bateu o martelo foi realizada por videoconferência.

Deputado federal em seu terceiro mandato, Dagoberto volta a disputar a cadeira do Executivo da Capital após 16 anos. Em 2004, foi o terceiro mais votado no pleito que elegeu o hoje senador pelo PSD Nelsinho Trad. Já pelo PDT, o advogado recebeu 52.929 votos naquele ano.

Kelly Costa tem histórico de 21 anos de militância no PT. Ela se filiou ao PDT em 2017 e hoje é secretária de Movimento Sociais do Diretório Estadual.

O PDT foi o primeiro partido a oficializar candidatos à prefeitura de Campo Grande. As legendas têm até o dia 16 de setembro para realizar convenções e oficializar seus nomes.

Em breve discurso, Dagoberto Nogueira falou em modernizar o trânsito e implantar sincronização semafórica – a popular “onda verde” – “em todos os lugares”. O parlamentar dirigiu o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) entre 1999 e 2002.

O agora candidato à prefeito também prometeu ampliar a oferta de vagas na Educação Integral.“Campo Grande não pode ser para poucos, tem que ser para todos. Quero atender também as pessoas que estão lá na periferia”, falou.

Já Kelly Costa discursou para o eleitorado feminino e discorreu sobre abertura de creches noturnas. “Isso ajudaria que as mulheres estivessem nas universidades”, completou.

Os presidentes municipal e estadual do PDT, respectivamente Wilson Fernandes e João Leite Schimidt, compuseram a mesa com Dagoberto e Kelly durante a convenção.

O ato homenageou Leyde Pedroso.  A jornalista morreu vítima da covid-19 às vésperas de ter seu nome selado para disputar vaga na Câmara de Vereadores. O partido terá 43 candidatos ao Legislativo municipal.

Jornal Midiamax