Política

Para Zé Teixeira, Mandetta é fundamental em Ministério para combater coronavírus

O avanço rápido e letal do novo coronavírus (Sars-Cov-2) tem assustado a população mundial. De acordo com o mapa criado e atualizado no dia (07/04) pelo jornal BBC, mais de 1.359.398 pessoas foram infectadas com a doença, com número de mortes superior ao de 75 mil pessoas. No Brasil, foram confirmados 12.240 casos, com 566 […]

Aliny Mary Dias Publicado em 07/04/2020, às 15h28

(Foto: Victor Chileno/ALMS)
(Foto: Victor Chileno/ALMS) - (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O avanço rápido e letal do novo coronavírus (Sars-Cov-2) tem assustado a população mundial. De acordo com o mapa criado e atualizado no dia (07/04) pelo jornal BBC, mais de 1.359.398 pessoas foram infectadas com a doença, com número de mortes superior ao de 75 mil pessoas. No Brasil, foram confirmados 12.240 casos, com 566 óbitos. Os números retratam o perigo que a humanidade enfrenta e a extrema necessidade de ações preventivas como: o isolamento social.

Por isso, os deputados estaduais Teixeira (DEM) e Barbosinha (DEM), com a assinatura de parlamentares, apresentaram na sessão legislativa desta terça-feira (07/04) a Moção de Congratulação e apoio ao Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, “pela competência, excelência e extrema dedicação na condução dos trabalhos no Brasil, frente à Pandemia causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), a Covid-19.

De acordo com o 1º secretário da Casa de Leis, deputado Teixeira, o ministro tem demonstrado total responsabilidade, ética e comprometimento com a saúde pública do Brasil. “Seu trabalho tem merecido o respeito e o reconhecimento principalmente no momento que lhe foi solicitado o agir com cautela, seriedade, prudência e sabedoria na condução dos atos e orientação geral à Nação perante a Pandemia do novo coronavírus. Diante disso e considerando a grande relevância de nosso apoio neste momento, enquanto sul-mato-grossenses, apresentamos a referida Moção, com o objetivo de salientar o orgulho de Mato Grosso do Sul pelo excelente desempenho de Mandetta”, afirma.

Matéria recente do Jornal El País mostra que a aprovação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disparou nas últimas duas semanas pela condução da crise do coronavirus, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada no dia 03 de abril. Os dados apontam que 76% dos entrevistados apoiam a Pasta, um salto em relação aos 55% registrados em 20 de março, data do último levantamento.

Teixeira classifica que Mandetta tem se destacado por respeitar a vida em primeiro lugar, respeitar a ciência e o trabalho dos cientistas. “Esta não é uma luta de todos nós brasileiros, mas de todos os humanos do planeta, que precisam estar sob a coordenação de gestores competentes e que prezam pela vida das pessoas em primeiro lugar. Aqui no Brasil, Deus esteja com o nosso Ministro e que continue lhe dando força e coragem! Ele é o nome mais preparado para conduzir esta crise e salvar as vidas de milhões  de brasileiros”, afirmou Teixeira.

Em novembro de 2018, Luiz Henrique Mandetta foi convidado a assumir o Ministério da Saúde no Governo do Presidente Eleito, Jair Messias Bolsonaro. Ele possui mais de 30 anos no exercício da medicina e 20 anos de experiência política, com destacado trabalho na Câmara dos Deputados, dentre outros  como Presidente da Comissão de Seguridade Social e Família.

Jornal Midiamax