Política

Justiça impugna pesquisa de intenção de votos em Deodápolis

Uma decisão do juiz Mário Cézar Mansano, da 39ª Zona Eleitoral de Deodápolis uma pesquisa sobre intenção de votos referente às eleições municipais na cidade onde o atual prefeito, Valdir Sartori (DEM ) supostamente aparece à frente dos demais prováveis pré-candidatos. O pedido foi apresentado por meio de representação do PDT (Partido Democrático Trabalhista), que […]

Marcos Morandi Publicado em 24/07/2020, às 10h59 - Atualizado às 18h49

Impugnação de pesquisa foi feita pela Justiça Eleitoral. (Foto: Reprodução).
Impugnação de pesquisa foi feita pela Justiça Eleitoral. (Foto: Reprodução). - Impugnação de pesquisa foi feita pela Justiça Eleitoral. (Foto: Reprodução).

Uma decisão do juiz Mário Cézar Mansano, da 39ª Zona Eleitoral de Deodápolis uma pesquisa sobre intenção de votos referente às eleições municipais na cidade onde o atual prefeito, Valdir Sartori (DEM ) supostamente aparece à frente dos demais prováveis pré-candidatos.

O pedido foi apresentado por meio de representação do PDT (Partido Democrático Trabalhista), que entrou com liminar contra a divulgação da pesquisa publicada em redes sociais e também nos veículos de comunicação da cidade.

“Ocorre que, compulsando os Autos, verifico, ao menos nesse momento, que não foram complementados os dados da pesquisa eleitoral MS-05645/2020 no que se refere ao plano amostral, isto é, “a composição quanto a gênero, idade, grau de instrução e nível econômico dos entrevistados na amostra final da área de abrangência da pesquisa eleitoral”, diz o juiz eleitoral.

Jornal Midiamax