Política

Após repercussão negativa sobre antecipar feriados, deputado retira requerimento

Requerimento apresentado na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) pedindo a antecipação de feriados devido a pandemia do coronavírus não foi bem recebido por municípios que são os principais destinos turísticos como Bonito, por exemplo. Com a repercussão negativa, o documento foi retirado nesta terça-feira (2). O deputado Lucas de Lima (SD) protocolou […]

Renata Volpe Publicado em 02/06/2020, às 12h32 - Atualizado às 13h31

Lucas de Lima pediu para retirar requerimento da Casa de Leis. (Luciana Nassar, ALMS)
Lucas de Lima pediu para retirar requerimento da Casa de Leis. (Luciana Nassar, ALMS) - Lucas de Lima pediu para retirar requerimento da Casa de Leis. (Luciana Nassar, ALMS)

Requerimento apresentado na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) pedindo a antecipação de feriados devido a pandemia do coronavírus não foi bem recebido por municípios que são os principais destinos turísticos como Bonito, por exemplo. Com a repercussão negativa, o documento foi retirado nesta terça-feira (2).

O deputado Lucas de Lima (SD) protocolou o requerimento no último dia 27 sobre a possibilidade da antecipação dos feriados constantes no calendário Nacional, Estadual e Municipal deste ano, nos municípios onde já houver sido declarado o estado de calamidade pública devido a Covid-19. 

Porém, o município de Bonito se manifestou dizendo que antecipar feriados devido a pandemia, pode prejudicar ainda mais o setor. “O turismo de Bonito recebe vários visitantes da Capital e do interior do MS, que procuram a cidade para descansar principalmente durante os feriados. Com a antecipação, o setor do turismo que já vem sofrendo um grande impacto vai continuar sendo prejudicado”, publicou o Bonito Informa.

A Assomasul (Associação dos Municípios) através do presidente Pedro Caravina, afirmou que não é o momento de se pensar em antecipar feriados. “Não sabemos como vai estar a pandemia em setembro, por exemplo. Antecipar feriado talvez só funcione para grandes capitais”.

Com isso, na sessão desta terça-feira (2), Lucas de Lima afirmou ter sido procurado por alguns municípios e por isso pediu a retirada do requerimento.

Jornal Midiamax