Política

Após casos de coronavírus, Alems aproveita recesso e descontamina prédio

Para aproveitar o recesso parlamentar, Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) realiza desinfecção do prédio.

Dândara Genelhú Publicado em 20/07/2020, às 16h34

Foto: Divulgação | Alems
Foto: Divulgação | Alems - Foto: Divulgação | Alems

Para aproveitar o recesso parlamentar, Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) realiza desinfecção do prédio. Pelo menos seis casos de coronavírus foram confirmados entre servidores e deputados da Casa de Leis.

Entre os infectados, estão o presidente da Alems, deputado Paulo Corrêa (PSDB) e o deputado Neno Razuk (PTB). Assim, com o recesso, a Casa está sem nenhuma circulação de servidores e visitantes.

De acordo com a Alems, será realizada a higienização de todos os setores, com produtos recomendados pela  Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para combate ao coronavírus. O secretário de infraestrutura da Casa de Leis, Luiz Ferreira Silva, acompanha os trabalhos.

Então, de acordo com ele, o espaço ainda deve receber mais um dia de sanitização antes dos serviços da Casa serem retomados. Além disto, a Alems recebeu borrifação UBV (Ultra Baixo Volume), mais conhecida como fumacê. A medida foi tomada para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Zika, Dengue e Chikungunya.

Anteriormente, a Casa de Leis já havia sido desinfectada. Em 4 de maio foi realizada sanitização nas dependências físicas da Alems.

Jornal Midiamax