Política

Alan Guedes diz que venceu as eleições nas ruas e espera tratamento mais equilibrado do Governo do Estado

O prefeito eleito de Dourados, Alan Guedes (Progressista) disse que venceu as eleições e espera do Governo do Estado um tratamento mais equilibrado a partir do momento que tomar posse no dia 1º de janeiro de 2020. A cobrança foi feita logo após a confirmação da sua vitória nas urnas neste domingo (15) Segundo o […]

Marcos Morandi Publicado em 16/11/2020, às 00h20

 Alan Guedes, prefeito eleito de Dourados, após confirmação da vitória. (Foto Marcos Morandi)
Alan Guedes, prefeito eleito de Dourados, após confirmação da vitória. (Foto Marcos Morandi) - Alan Guedes, prefeito eleito de Dourados, após confirmação da vitória. (Foto Marcos Morandi)

O prefeito eleito de Dourados, Alan Guedes (Progressista) disse que venceu as eleições e espera do Governo do Estado um tratamento mais equilibrado a partir do momento que tomar posse no dia 1º de janeiro de 2020. A cobrança foi feita logo após a confirmação da sua vitória nas urnas neste domingo (15)

Segundo o prefeito eleito, é necessário um tratamento mais equânime em relação principalmente à partição dos recursos da saúde. “Acho que a saúde de Dourados passou da hora de ser melhor atendida. Nós temos problemas que são nossos”, disse o candidato em referência à Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), que passa por problemas de má gestão desde 2017.

No entendimento do prefeito eleito, o Governo do Estado é quem tem condições de fazer um aporte significativo para que a prefeitura pare de tirar dinheiro da atenção primária e colocar na média e alta complexidade e poder investir para caminhar num cenário melhor.

Alan Guedes, obteve vitória nas urnas com 34.242 votos, equivalente ao percentual de 33,09% e que impôs uma derrota ao candidato oficial do governador Reinaldo Azambuja, deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha. O candidato democrata ficou em segundo lugar com 31.650 votos e percentual de 30,59%.

Já Racib Harb (Republicanos), conseguiu um percentual de 11,03% (11.410), seguido por Mauro Thronicke (PSL), com 10,14%% (10.436).  João Carlos (PT), ficou com 9,34% (9.662),  Wilson Matos (PTB), 5,48% (5.667) e Jeferson Bezerra (PMN),  0,33% (344).

Relação de amizade

“Fora isso o Governo tem parcerias na área de infraestrutura muito importante para acontecer em Dourados e nos precisamos dessas parcerias”, ponderou Alan Guedes, reafirmando que pretende contar com o apoio do vice-governador Murilo Zauith, aproveitando para reconhecer o papel do vice-governador.

“É desleal o que fizeram com o Murilo na campanha, ao dizerem que ele me apoiava”, afirmou Alan que nunca escondeu a boa relação com o vice-governador e que no dia convenção do PP afirmou deixou isso claro.

“O Murilo é meu amigo. Fui vereador e estabeleci com ele uma relação de respeito. Quando ele saiu da gestão e continuei com ele e inclusive no dia que assinou a ficha para voltar para o Democratas eu estava lá. Sai e ele obviamente que eu ficasse no partido. Mas um amigo entende o outro quando você quer tomar uma decisão. E acho que tomei a decisão correta. tanto que estou aqui hoje”, explicou.

O presidente da Câmara de Vereadores disse que faz 60 dias que não conversa com o vice-governador e que irá procura-lo. “A Agesul e a secretaria de infra estrutura pode ajudar muito Dourados”, destacando que a Bancada Federal e também os deputados estaduais serão muito importantes para viabilizar sua futura administração.

Jornal Midiamax