Política

Deputados aprovam em 1º votação mudança do verbo de divisão para criação de MS

Foi aprovado em 1º votação na sessão desta terça-feira (1º) o projeto de Lei propondo a mudança do verbo de divisão para criação de Mato Grosso do Sul, na redação do anexo da Lei 3945, de 4 de agosto de 2010, que institui o calendário oficial de eventos no Estado. Hoje foi analisada a constitucionalidade […]

Renata Volpe Publicado em 01/10/2019, às 12h42 - Atualizado às 13h34

Deputado João Henrique Catan. (Luciana Nassar, ALMS)
Deputado João Henrique Catan. (Luciana Nassar, ALMS) - Deputado João Henrique Catan. (Luciana Nassar, ALMS)

Foi aprovado em 1º votação na sessão desta terça-feira (1º) o projeto de Lei propondo a mudança do verbo de divisão para criação de Mato Grosso do Sul, na redação do anexo da Lei 3945, de 4 de agosto de 2010, que institui o calendário oficial de eventos no Estado.

Hoje foi analisada a constitucionalidade da proposta apresentada pelo deputado João Henrique Catan (PL), que deve voltar ao plenário para debate entre os parlamentares e aprovada com 18 votos favoráveis.

Catan sugeriu a alteração alegando que Mato Grosso foi dividido e Mato Grosso do Sul criado, no dia 11 de outubro de 1979. “Queremos trazer de volta um simbolismo cultural para todos os cidadãos. Muitas pessoas que visitam nosso Estado acabam sendo corrigidas ao dizerem Mato Grosso”.

Segundo o deputado, o sul-mato-grossense comemora a divisão do Estado e não a criação. “Fizemos o projeto para resgatar o civismo, a história de Mato Grosso do Sul nas escolas. Muitos alunos são sabem quem foi Guia Lopes, que originou o nome do município de Guia Lopes da Laguna”.

Além desta proposta, foram aprovados 26 projetos de resolução, sendo 16 comendas de Mérito Legislativo e 10 títulos de cidadãos sul-mato-grossenses.

Jornal Midiamax