Política

‘Não sou mais presidente, cuido de mim e da minha pré-campanha’, brinca Mochi

Presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), o deputado Junior Mochi (MDB) comentou nesta quarta-feira (06) que cuida somente da sua pré-campanha. O parlamentar foi questionado após a sessão na Casa sobre política partidária dos emedebistas. “Agora que não sou mais o presidente [do partido], só cuido de mim e da minha […]

Evelin Cáceres Publicado em 06/06/2018, às 13h20

None

Presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), o deputado Junior Mochi (MDB) comentou nesta quarta-feira (06) que cuida somente da sua pré-campanha. O parlamentar foi questionado após a sessão na Casa sobre política partidária dos emedebistas.

“Agora que não sou mais o presidente [do partido], só cuido de mim e da minha pré-campanha”, disse aos risos.

O deputado reafirmou o que dizem todos os membros do MDB com cargos eletivos. “Somente quem cuida desse assunto de aliança e vagas é o André Puccinelli. Tudo tem que ser tratado diretamente com ele”.

Enquanto o PSDB divulga encontros e conversas com outras siglas, como o DEM e o PP, Puccinelli mantém silêncio sobre as futuras parcerias.

Nesta terça e quarta-feira, o ex-governador acompanha em Brasília reuniões no Sudeco e Funasa com cerca de 25 prefeitos de Mato Grosso do Sul da sigla para destravar recursos. Na pauta, pedidos das Prefeituras por mais recursos da União.

Puccinelli estava acompanhado ainda dos senadores emedebistas Waldemir Moka e Simone Tebet, da deputada federal Tereza Cristina (DEM) e dos deputados estaduais Eduardo Rocha e Renato Câmara, ambos do MDB, que não estiveram na sessão de ontem, terça-feira (5), que votou redução da alíquota do diesel em Mato Grosso do Sul. Mochi afirmou que ambos foram representando a Assembleia.

Jornal Midiamax