O ex-juiz federal e futuro ministro da Justiça, Sergio Moro usou o espaço do CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) para anunciar nesta sexta-feira (30) mais dois nomes para incorporar a sua equipe no governo Bolsonaro no próximo ano.

Para o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), Roberto Leonel, auditor e chefe da área de inteligência da Receita Federal foi o escolhido. Houve também a confirmação do nome de Luiz Roberto Beggiora para assumir a Senad (Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas).

O Coaf atualmente é vinculado ao Ministério da Fazenda para que se investigue movimentações financeiras. A partir do ano que vem, esse conselho passará a integrar a estrutura do , conforme afirmou Sergio Moro.