Política

Dois são presos por posse irregular de arma na 6ª fase da Operação Lama Asfáltica

Duas pessoas foram presas durante a 6ª fase da Operação Lama Asfáltica, denominada Computadores de Lama, nesta terça-feira (27) em Paranhos e Dourados. A informação foi repassada durante coletiva da Polícia Federal, CGU (Controladoria-Geral da União) e Receita Federal. As pessoas estavam em situação de posse irregular de arma de fogo. No interior, os mandados […]

Evelin Cáceres Publicado em 27/11/2018, às 10h54 - Atualizado às 15h40

João Baird chega na sede da Polícia Federal (Foto: Marcos Ermínio)
João Baird chega na sede da Polícia Federal (Foto: Marcos Ermínio) - João Baird chega na sede da Polícia Federal (Foto: Marcos Ermínio)

Duas pessoas foram presas durante a 6ª fase da Operação Lama Asfáltica, denominada Computadores de Lama, nesta terça-feira (27) em Paranhos e Dourados.

A informação foi repassada durante coletiva da Polícia Federal, CGU (Controladoria-Geral da União) e Receita Federal. As pessoas estavam em situação de posse irregular de arma de fogo.

No interior, os mandados se limitaram a buscas e apreensões de documentos. Empresas que foram alvo estão sob suspeita de facilitar a lavagem e envio de dinheiro para o exterior, principalmente o Paraguai.

Computadores de Lama

São cumpridos 29 mandados, sendo quatro de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão, além do sequestro de valores nas contas bancárias dos investigados e empresas investigadas.

As cidades alvo da operação são Campo Grande, Jaraguari, Dourados e Paranhos. Ao todo, 100 policiais federais, 17 servidores da CGU e 33 servidores da Receita Federal participam da operação.

Em todas as fases da operação Lama Asfáltica, 57 pessoas foram denunciadas, entre elas o ex-governador do Estado André Puccinelli, que está preso desde julho deste ano em uma das fases deflagradas pela Polícia Federal.

Jornal Midiamax