Política

Após rumores, Marquinhos admite ‘estudo’ para trocar comando da Semadur

Mais uma secretaria municipal pode mudar de comando na gestão de Marquinhos Trad. Todavia, o próprio prefeito afirmou ao Jornal Midiamax que a decisão ainda não foi tomada, e que por ora há apenas um ‘estudo’. Segundo o prefeito, há, no momento, apenas uma ‘hipótese’ de ocorrer a troca de titulares na Semadur (Secretaria Municipal […]

Ludyney Moura Publicado em 07/06/2018, às 13h45 - Atualizado em 08/06/2018, às 17h19

José Marcos, Marquinhos e Eduardo Costa - Foto: Reprodução/Facebook
José Marcos, Marquinhos e Eduardo Costa - Foto: Reprodução/Facebook - José Marcos, Marquinhos e Eduardo Costa - Foto: Reprodução/Facebook

Mais uma secretaria municipal pode mudar de comando na gestão de Marquinhos Trad. Todavia, o próprio prefeito afirmou ao Jornal Midiamax que a decisão ainda não foi tomada, e que por ora há apenas um ‘estudo’.

Segundo o prefeito, há, no momento, apenas uma ‘hipótese’ de ocorrer a troca de titulares na Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).

“Há um estudo, não é descartada essa hipótese. Mas no momento ainda eu não decidi. Nós já fizemos mudanças em algumas delas (secretarias), umas contra nossa vontade a pedido dos técnicos. A Semadur eu tenho tomado toda cautela necessária”, afirmou o prefeito.

A pasta é comandada pelo arquiteto José Marcos da Fonseca, que já foi secretário municipal de controle urbanístico e de planejamento, nas gestões de Juvêncio César da Fonseca, de quem é parente, e André Puccinelli.

O Jornal Midiamax apurou que um dos nomes cotados para assumir a Semadur é atual secretário-adjunto da pasta, Luiz Eduardo Costa, filho do ex-vereador Celso Costa. Procurado pela reportagem, ele negou que tenha sido convidado a substituir Fonseca.

Jornal Midiamax