Política

Vereadores colocam em votação veto parcial do prefeito à LDO de 2018

Vetou 22 das 43 emendas

Jessica Benitez Publicado em 15/08/2017, às 10h27

None

Vetou 22 das 43 emendas

Os vereadores de Campo Grande colocam em votação nesta terça-feira (15) veto parcial do prefeito Marquinhos Trad (PSD) ao projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). A matéria é responsável por nortear o Executivo em relação ao orçamento de 2018, ou seja, direciona com o que a Prefeitura deve gastar.Vereadores colocam em votação veto parcial do prefeito à LDO de 2018

Das 43 emendas elaboradas pelos legisladores e inclusas no texto, 22 foram vetadas. Entre as emendas desaprovadas pela Prefeitura, segundo o secretário de Finanças Pedrossian Neto explicou, está o chamado “orçamento impositivo”, a exigência de detalhamentos supostamente exagerados de despesas, a construção de uma passarela e a divisão da coleta de lixo em sete regiões.

Antes de ir para o prefeito, o relatório feito pelo vereador João César Mattogrosso (PSDB) passou por duas votações e foi aprovado por unanimidade. Este não é o primeiro veto de Marquinhos, alguns foram mantidos e outros derrubados pela Casa de Leis.

Jornal Midiamax