Política

Na tribuna, vereadores de Campo Grande comemoram um ano de mandato

Fala é do vereador Pastor Jeremias 

Evelin Cáceres Publicado em 03/10/2017, às 14h02

None

Fala é do vereador Pastor Jeremias 

Alguns parlamentares comemoraram nesta terça-feira (03) na Câmara de Campo Grande o fato de terem sido eleitos há um ano. O vereador Pastor Jeremias (Avante) chegou a dizer que “é muito bom estar no poder”, ao usar a fala para celebrar a eleição.

“Vamos fazer Justiça com esse mandato lindo, de trabalho e que enaltece essa Casa. Um mandato que Deus nos deu”, prosseguiu. Delegado Wellington (PSDB) falou que em breve iria disponibilizar um balanço das atividades parlamentares deste período, também em comemoração ao primeiro ano legislativo.

Mais cedo, nas redes sociais, a vereadora Dharleng Campos (PP) agradeceu a quem votou nela. “Gratidão. O dia hoje também é especial!!!! Exatamente no dia 2 de outubro do ano passado, eu estava sendo eleita Vereadora por Campo Grande, pela vontade de Deus e a confiança da nossa população. Agradeço todos os dias as bênçãos de Deus na minha vida e a vocês que acreditam no nosso projeto de ‘trabalhar pela nossa gente’”, escreveu.

Eleição

Dos 25 vereadores que cumpriram mandato e disputaram permanência nas cadeiras, apenas 11 foram reeleitos em 2016. Outros 16 eram estreantes na Câmara Municipal e dois retornaram ao Legislativo.

Foram reeleitos Gilmar da Cruz (PRTB), Lívio Leite (PSDB), João Rocha (PSDB), Roberto Santana (PRTB), Carlos Borges (PSB), Ayrton Araújo (PT), Chiquinho Telles (PSD), Cazuza (PP), Paulo Siufi (PMDB), Otávio Trad (PTB) e Eduardo Romero (Rede). Loester Nunes (PMDB) e Valdir Gomes (PP) voltam ao Legislativo.

Já André Salineiro (PSDB), Odilon de Oliveira Filho (PDT), Lucas de Lima (SD), Papy (SD), Junior Longo(PSDB), Ademir Santana (PDT), João Cesar Matogrosso (PSDB), Delegado Wallington (PSDB), Vinícius Siqueira (DEM), Antônio Cruz (PSDB), Veterinário Francisco (PSB), Jeremias Flores (PTdoB), WilliamMaksoud (PMN), Dharleng Campos (PP), Enfermeiro Fritz (PSB) e Enfermeira Cida Amaral (PTN) eram  ‘novatos’ na Casa.

Jornal Midiamax