Política

Câmara cancela sessão e decreta luto de três dias por morte de ex-governador

Agenda desta noite com prefeito e governador foi adiado

Jessica Benitez Publicado em 22/08/2017, às 12h17

None

Agenda desta noite com prefeito e governador foi adiado

A Câmara Municipal de Campo Grande cancelou sessão ordinária desta terça-feira (22) devido a morte do ex-governador do Estado Pedro Pedrossian e decretou luto de três dias. De acordo com o presidente da Casa de Leis, João Rocha (PSDB), o evento marcado para esta noite com o prefeito Marquinhos Trad (PSD) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi adiado.

A sessão solene em alusão ao aniversário de Campo Grande, marcada para quarta-feira (23) no Rubens Gil de Camillo, foi mantida. Nascido e criado na Capital, Rocha contou que acompanhou toda a evolução política trazida por Pedrossian ao Estado.

“Foi um homem visionário, arrojado e a frente do seu tempo. Prova disso são as obras implementadas por ele e que até hoje são atuais. Cumpriu seu papel brilhantemente”, disse. Carlão Borgas (PSB), 1º secretário da mesa diretora da Câmara Municipal, ajudou na decisão de não realizar sessão hoje e também lamentou a perda.Câmara cancela sessão e decreta luto de três dias por morte de ex-governador

“Perda irreparável para Mato Grosso do Sul. Pedrossian foi um verdadeiro estadista, porque políticos tem vários, mas estadistas são poucos no Brasil e ele era um deles. Foi governador do Estado e prefeito de Campo Grande, pois duplicou todas as saídas da cidade. O povo de mato-grossense, sul-mato-grossense e brasileiro está de luto hoje”.

O ex-governador morreu por volta das 3h30 de hoje e o velório está marcado para às 10h no Palácio Popular da Cultura. O enterro ocorre às 16h no cemitério Parque das Primaveras. Há previsão de que o governador do Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), esteja presente.

Jornal Midiamax