Política

Bernal diz que vai ser mais ‘criterioso’ em alianças do PP para 2018

Ex-prefeito quer ser deputado federal  

Midiamax Publicado em 30/09/2017, às 15h09

None

Ex-prefeito quer ser deputado federal

O PP em Mato Grosso do Sul segue sem definir suas alianças com outros partidos para concorrer às eleições de 2018. O motivo, segundo o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), é que será mais “criterioso” em firmar parcerias.  A declaração foi feita neste sábado (30), durante seminário progressista realizado na Câmara Municipal. 

Bernal expos que após viver parcerias traumáticas, citando de exemplo de seu ex-vice Gilmar Olarte, terá “um olho muito mais criterioso” para a corrida do ano que vem. “O que eu não posso fazer é como na vez passada, que escolhi alguém que se mostrava pregador da palavra de Deus e no final meteu uma faca nas minhas costas e traiu o povo inteiro”, declarou. 

A expectativa era de que as articulações para a próxima disputa eleitoral fossem determinadas nesta manhã, mas Bernal, que tem planos de ser deputado federal, adiantou há alguns dias que a sigla cogita Evander Vendramini (Presidente da Câmara de Corumbá) e o delegado Valmir Moura Fé.

O progressista havia adiantado ao Jornal Midiamax que estava tentando viabilizar parcerias com o PMDB.  “Nossa opção é candidatura ou aliança para o governo. Não vamos deixar de dialogar. Já falei com o André (Puccinelli), com o PCdoB, com o Podemos, com o PMN, com o Pros, PT e PDT”, contou, conforme reportagem publica no dia 25 de setembro. 

Jornal Midiamax