e Papy passarão a integrar Comissão de Inquérito

A Câmara de Vereadores da capital divulgou nesta sexta-feira (25) a lista dos vereadores membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que vai investigar irregularidades na gestão do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de ). Dois novos vereadores entraram no grupo, de acordo com a publicação.

Os vereadores Papy (SD) e Valdir Gomes (PP) também serão membros da Comissão. A princípio, em sessão na última quinta-feira (17), os nomes dos dois parlamentares não haviam sido elencados no anúncio dos membros da CPI feito pelo presidente da Câmara, vereador João Rocha (PSDB).

A não indicação de Valdir Gomes como membro da CPI causou a revolta do parlamentar na sessão da última quinta-feira. “Havia um acordo com o grupo”, disse o progressista em discurso na tribuna.

O vereador argumentou que o PP deveria possuir uma vaga na Comissão, já que seria o partido com a segunda maior bancada no Legislativo. A reclamação foi atendida pelo presidente da Casa, João Rocha.

Além dos dois, integrarão a comissão o vereador Enfermeiro Fritz (PSD), como presidente, a vereadora Enfermeira Cida (), como relatora, e os vereadores Jeremias Flores (Avante), Veterinário Fracisco () e André Salineiro (PSDB), como membros.Após reclamar de ficar fora, vereador entra para CPI do IMPCG

CPI do IMPCG

Na CPI, serão investigadas denúncias de má gestão e desvios na aplicação de recursos do IMPCG, que levaram o órgão à ineficiência financeira, conforme relatório da Comissão de Acompanhamento da Reestruturação do IMPCG.

As irregularidades são referentes à aplicação de recursos de fundos de previdência dos servidores, como o Funserv, o Servimed e o Previcamp, ocorridas entre os anos de 2012 e 2017. A comissão terá 120 dias para apresentar o resultado das investigações.