Política

Policial que ameaçou atirar em comício com Puccinelli já foi removido

Agente foi transferido para outro município

Ludyney Moura Publicado em 26/09/2016, às 14h27

None
comicio_iguatemi.jpg

Agente foi transferido para outro município

O policial civil Ricardo Palaoro, suspeito de ter ameaçado pessoas que estavam em um comício no município de Iguatemi, no conesul do Estado, no qual estavam presentes o deputado federal Carlos Marun e o ex-governador André Puccinelli, ambos do PMDB, já foi removido da delegacia.

De acordo com a assessoria da instituição, ‘O policial foi removido temporariamente para delegacia de outro município’. Todavia, a nova ‘casa’ do agente não foi divulgada.

Apesar de Marun ter revelado que o delegado da cidade não foi encontrado no dia do fato, a assessoria da polícia revelou que na própria sexta-feira (23), foi registrado Boletim de Ocorrência, e que já foi instaurado procedimento nas áreas criminal e administrativa.

“A ação, notadamente individualizada, não reflete a conduta exigida pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul. O fato já está sendo devidamente apurado”, diz a nota enviada à reportagem do Jornal Midiamax.

Durante coletiva na manhã desta segunda-feira (26), Marun afirmou que comunicará o ocorrido à Polícia Federal, e que também vai solicitar uma audiência com o secretário estadual de segurança pública, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB), e com o presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Divoncir Schreiner Maran.

Jornal Midiamax