Política

Vereadores limpam pauta e aprovam novo ‘refis’ da Prefeitura

Também foi aprovada suplementação de R$ 57,4 milhões

Midiamax Publicado em 15/07/2015, às 16h15

None
camara_sessao.jpg

Também foi aprovada suplementação de R$ 57,4 milhões

Vereadores de Campo Grande aprovaram nesta quarta-feira (15) projeto sobre o Mutirão da Conciliação, um programa de refinanciamento de dívidas a ser lançado pela Prefeitura de Campo Grande. Ao todo, na penúltima sessão ordinária antes do recesso parlamentar foram votados 41 projetos, quatro ofícios e dois vetos, conforme as informações divulgadas pela Câmara Municipal.

O projeto do Mutirão da Conciliação foi votado em regime de urgência. A Prefeitura já informou que pretende arrecadar até R$ 400 milhões de um total de R$ 1,5 bilhão em dívidas de contribuintes.

Os vereadores também aprovaram, nesta quarta, pedido de suplementação orçamentária de R$ 57,4 milhões. A sessão chegou a ser suspensa para a discussão de alguns desses projetos.

Segundo as informações da Câmara, os vereadores limparam a pauta. Ou seja, votaram todos os projetos, deles próprios ou do Executivo, que estavam aptos a serem analisados em plenário e com parecer das comissões pertinentes.

Dos 41 textos aprovados, 33 são sobre concessão de títulos e honrarias a personalidades. Os ofícios tratam da composição de conselhos regionais urbanos da Capital.

A Câmara rejeitou veto total do Executivo a projeto que cria a tabela salarial dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias. Por outro lado, manteve veto parcial ao projeto do Plano Municipal de Educação.

Jornal Midiamax