Reinaldo diz que base não quer greve de ‘motivação política’ da Fetems

Tucano frisa que movimentos grevistas são ligados ao PT e à CUT
| 25/05/2015
- 23:16
Reinaldo diz que base não quer greve de ‘motivação política’ da Fetems

Tucano frisa que movimentos grevistas são ligados ao PT e à CUT

A dois dias do início da dos professores da rede estadual, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou, durante agenda pública na tarde desta segunda-feira (25), que o movimento está tomando uma conotação política, de movimentos ligados à CUT (Central Única dos Trabalhadores) e ao PT.

“É um ambiente muitas vezes ligado à CUT e ao PT, querendo politizar a questão. Se você tiver uma conversa no meio dos professores verá que não existe um ambiente (favorável à greve), não sente esse ímpeto de paralisação, até porque isso prejudicaria o todo”, declarou o governador.

A (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), historicamente ligado ao PT, decidiu pela greve na última sexta-feira (22), reivindicando o pagamento de 10,98% de reajuste dos professores, percentual referente ao cumprimento da Lei Estadual n° 4.464, de 19 de Dezembro de 2013.

Reinaldo alega que Mato Grosso do Sul foi o único Estado do país a conceder na integralidade, o reajuste de 13.01% ao magistério, em voga desde janeiro de 2015. “Até porque Mato Grosso do Sul já paga o 3º piso, propusemos dobrar o salário dos professores até 2022 porque ai é possível prometer e cumprir”, frisou.

Apesar disto, os professores cobram ainda O pagamento de 1/3 de hora-atividade para os professores, referente a 2013 – O pagamento de 1/3 de hora-atividade para os professores da Rede Estadual, equivalente a 2013, a partir de janeiro de 2015,

“Nós do governo vamos esgotar até o fim o diálogo, que ninguém fez o que MS fez esse ano, que é dar o 13,01% para todas as categorias, único Estado a fazer isso em 2015 e prometemos mais 4,34% para outubro. Mas, eu entendo que teve uma questão da Fetems em não aceitar”, finalizou o governador. 

Veja também

Partido pede que postagem seja removida e aplicação de multa

Últimas notícias