Política

Presidente pede pra sair, mas implode guerra com os que ficam no partido

Empresário ainda quer conversar com presidente

Midiamax Publicado em 16/07/2015, às 10h01

None
antonio_joao_psd.jpg

Empresário ainda quer conversar com presidente

O empresário Antônio João Hugo Rodrigues anunciou com festa, vai rede social, que entregaria a presidência do PSD e sairia definitivamente da política. Mas, bastou alguns dias para ele começar a se articular, levando o próprio partido que criou a uma batalha interna.

O vereador Coringa (PSD) conta que esteve reunido com Antônio João para conversar sobre o partido e ficou sabendo que os diretórios do interior estão sendo destituídos pelo novo presidente, Lacerda. Porém, pouco tempo depois, recebeu a informação de outro vereador que esta história não procede.

Sem saber o que de fato é verdade, Coringa quer uma reunião com o novo presidente para saber o que há de verdade em toda esta história. Ele contou ainda que o próprio Antônio João, embora tenha anunciado saída, ainda quer conversar com o presidente nacional do PSD, Gilberto kassab.

 “Ele disse que ainda não conversou com o Kassab para saber o que achou da saída dele do partido. Eu tenho que aguardar o Antônio João e também conversar com o Lacerda para saber o que realmente está acontecendo”, revelou.

Ontem (15) Antônio João usou a rede social para criticar o ex-partido, dizendo que filiados do interior estão vindo a Campo Grande e alfinetou  a nova diretoria. “Pessedistas de todo o Estado vindo a Campo Grande. O partido está moribundo”, afirmou.

Apesar de aguardar o desenrolar de toda confusão, o vereador, que também foi ajudado pelo deputado Marquinhos Trad (PMDB), diz que hoje se considera do grupo de Antônio João. O novo presidente, Lacerda, é ligado a família Trad e a expectativa é de que Marquinhos ou Fábio Trad assumam o partido em breve.

Jornal Midiamax