Política

Parque dos Poderes vira alvo do MPE por falta de acessibilidade

Lei não está sendo cumprida

Jessica Benitez Publicado em 28/11/2015, às 11h20

None
mpe.jpg

Lei não está sendo cumprida

A falta de acessibilidade no Parque dos Poderes foi motivo de abertura de inquérito civil para apurar o caso e pedir as devidas providências ao Estado, segundo publicação no Diário Oficial do MPE (Ministério Público Estadual) desta segunda-feira (30).

Conforme o texto do promotor de Justiça, Allan Thiago Arakaki, o objetivo é “ Apurar eventual ausência de acessibilidade nas calçadas das ruas localizadas dentro do perímetro do Parque dos Poderes”. O local abriga mais de 4 mil servidores em todas as secretarias do Governo do Estado, Tribunais de Justiça, Contas, Eleitoral, do próprio MPE, entre outros poderes.

Grande parte das calçadas não são adaptadas com piso tátil, por exemplo, que serve de guia para deficientes visuais. As rampas usadas para auxiliar cadeirantes também não estão presentes como a lei determina.

Jornal Midiamax