Federação dos Médicos manda delegação à Capital após pedido de prisão

Delegação pede retorno das gratificações 
| 26/05/2015
- 17:19
Federação dos Médicos manda delegação à Capital após pedido de prisão

Delegação pede retorno das gratificações 

Uma delegação da Fenam (Federação Nacional dos Médicos) está na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (26) para abrir diálogo com os parlamentares na busca do retorno das gratificações dos médicos de Campo Grande.

Preocupada com o risco de prisão do presidente do sindicato no Estado, o diretor de assuntos jurídicos da instituição, Eglif de Negreiros Filho disse que a Fenam percebeu a dificuldade de negociação da categoria e montou uma delegação para auxiliar no diálogo. “Estamos na Assembleia porque Campo Grande é um polo de atendimento também para o interior e viemos pedir ajuda dos deputados para as negociações com a Prefeitura da Capital”.

De acordo com os médicos, em todo o Brasil, 58 sindicatos se manifestaram com a possibilidade de prisão de Valdir Shigueiro Shiroma. “Queremos condições de trabalho e possibilidade de diálogo e nada disso é respeitado”, relatou Eglif.

Para Valdir, o valor da multa, estipulado em R$ 100 mil pelo sindicato não ter cancelado a greve, está em fase de recurso judicial. “O sindicato entrou com uma ação cautelar para impedir o aumento da multa e a prisão. Queremos as gratificações de volta porque elas foram retiradas de forma ilegal”.

Os membros da delegação e sindicalistas usam a tribuna da Assembleia pela manhã para expor a situação dos médicos em Campo Grande e depois vão passar o dia visitando as unidades de saúde da Capital. 

Veja também

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL0, chegou em Campo...

Últimas notícias