Política

Ex-secretária do PSDB desmente TV: ‘Não sou irmã de secretário de Olarte’

TV local acusou tucana de nepotismo

Evelin Cáceres Publicado em 19/05/2015, às 14h44

None
angela.jpg

TV local acusou tucana de nepotismo

A ex-secretária de Educação de Campo Grande, Angela Maria de Brito, divulgou uma nota nesta terça-feira (19) via Facebook para esclarecer que não é irmã do Secretário de Infraestrutura, Valtemir Brito, conforme divulgado pela matéria veiculada na TV Morena, afiliada da Rede Globo na Capital.

Angela esclareceu que ficou paralisada ao ver seu nome ligado a investigação do Gaeco (Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado). “Estavam falando de nepotismo na prefeitura quando me citaram. Eu não sou irmã do secretário, fiquei em choque. A gente leva anos para construir uma carreira sólida, tenho conduta muito correta, e uma matéria sem nenhum cuidado mínimo de checagem nos expõe desta forma”, reclamou.

De acordo com Angela, o secretário tem uma irmã com seu mesmo nome, que trabalha em um Ceinf de Campo Grande. “Tem que olhar a filiação, CPF. Não é porque tem o mesmo nome, mesmo sobrenome, que vai afirmar que é. Tem que ter responsabilidade”.

Pela manhã, a reportagem da emissora já corrigiu a informação, mas Angela pede que a retratação seja feita em todos os noticiários da emissora.

Confira na íntegra a nota de esclarecimento

“NOTA DE ESCLARECIMENTO.
Amados e amadas. Venho publicamente desmentir a noticia veiculada pela TV Morena que afirmou no jornal MS 2ª edição, e ainda mostrou minha imagem, que sou irmã do Secretário de Infraestrutura Valtemir de Brito. Realmente ele tem uma irmã com o mesmo nome meu, porém, sua irmã é Diretora do Ceinf Varandas. Já pedi retratação e nova veiculação da notícia com a verdade nos três jornais da emissora. Além disso, já falei com meu advogado para tomar as providências no sentido de que haja,também, reparação por danos morais, pois, antes de veicularem uma notícia a emissora deve ter a certeza da sua veracidade e, também, saber se estão tratando da mesma pessoa cunhada nos processos. 
Peço a todos vocês que me ajudem a divulgar a verdade. Abraço fraterno e antecipadamente, muito obrigada.”

Jornal Midiamax