Política

Diretora da Agetran será próxima ouvida em CPI das Contas

Vereadores pretendem ainda ouvir o responsável pela Semadur 

Midiamax Publicado em 12/07/2015, às 21h40

None
0f31efe3c92457e845e67c5c85b76b93.jpg

Vereadores pretendem ainda ouvir o responsável pela Semadur 

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Contas Públicas deve ouvir  na próxima quarta-feira (15) a diretora-presidente da Agetran (Agencia Municipal de Trânsito), Elizabeth Felix. A comissão da Câmara Municipal de Campo Grande está investigando o aumento na folha de pahamento da Prefeitura.

Os vereadores pretendem ainda ouvir o responsável pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Valdir Gomes, que foi transferida do dia 13 (segunda-feira) para 5 de agosto, as 14h, na Câmara Municipal. O motivo é que o titular da pasta assumiu recentemente a secretaria e precisa se inteirar para fazer o levantamento de dados solicitados pela Comissão.

A Comissão tem como objetivo investigar se o aumento de 40,34% na folha de pessoal da Prefeitura ocorreu por aumentos salariais praticados pelas gestões anteriores ou devido à nomeação de comissionados por parte do atual prefeito Gilmar Olarte.

Já passaram por oitiva os secretários de saúde Jamal Salem; Administração, Wilson do Prado; o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila, interino de educação Wilson do Prado e diretor-presidente da Funesp, José Eduardo Amâncio da Mota, o Madrugada e a titular da Secretaria de Assistência Social, Janete Belini D’Oliveira.

Não está descartada a possibilidade de reconvocação, caso os integrantes da CPI encontrem necessidade de mais esclarecimentos, bem como solicitação de mais documentos.

Criada no dia 5 de maio, a CPI tem como presidente Eduardo Romero (PT do B), vice-presidente Paulo Pedra (PDT), relator Airton Saraiva (DEM) e como membros Vanderlei Cabeludo (PMDB) e Thaís Helena (PT). Até o momento, mais de 200 mil páginas de documentos passam por análise.

Jornal Midiamax