Política

TSE deve decidir sobre barrar ou não candidatura de Alcides Bernal para o Senado

O recurso do candidato ao Senado, ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), contra a impugnação do registro subiu para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na última segunda-feira (25). Na instância estadual, todos os recursos apresentados pelo progressista foram negados. Bernal teve a candidatura impugnada a pedido da Procuradoria Regional Eleitoral, de um candidato a […]

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 11h03

None
530512120.jpg

O recurso do candidato ao Senado, ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), contra a impugnação do registro subiu para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na última segunda-feira (25). Na instância estadual, todos os recursos apresentados pelo progressista foram negados.


Bernal teve a candidatura impugnada a pedido da Procuradoria Regional Eleitoral, de um candidato a deputado estadual do PTN) e do PHS. Eles argumentaram que o candidato estaria inelegível em decorrência da cassação de seu mandato pela Câmara Municipal no dia 12 de março deste ano, por improbidade administrativa.


O progressista entrou com dois recursos contra a decisão do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), mas foram negados. O último parecer da Procuradoria do dia 22 de agosto foi pelo desprovimento do recurso. Depois disso o processo foi remetido ao TSE.


Com o recurso no TSE aumenta a esperança de Bernal em reverter a decisão no Estado. Ele diz acreditar na Justiça que o tem mantido na disputa eleitoral. Na avaliação dele, os pedidos não têm fundamento, porque o decreto legislativo não faz referência à inelegibilidade.

Jornal Midiamax