Política

Em sessão comunitária, vereadores são cobrados sobre indicações para cargos

A engenheira agrônoma Maria Mazarelo Gomes puxou a orelha dos vereadores de Campo Grande na manhã desta quarta-feira, durante Sessão Comunitária em uma escola no Monte Castelo. Um dos mais cobrados foi seu colega, o engenheiro Edson Shimabukuro (PTB). Primeira a usar o microfone, ela se disse indignada com o que chamou de “trem da […]

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 13h34

None
1857330146.jpg

A engenheira agrônoma Maria Mazarelo Gomes puxou a orelha dos vereadores de Campo Grande na manhã desta quarta-feira, durante Sessão Comunitária em uma escola no Monte Castelo. Um dos mais cobrados foi seu colega, o engenheiro Edson Shimabukuro (PTB).

Primeira a usar o microfone, ela se disse indignada com o que chamou de “trem da alegria”, se referindo a indicações de Shimabukuro para cargos na Agetran (Agência Municipal de Trânsito). “O que eu vejo é muito vereador brigando por sua fatia do bolo, mas eles devem pensar no bem da população”, pontuou.

Logo depois Shimabukuro ocupou a tribuna para responder à engenheira agrônoma. Entre outras coisas, ele disse que suas indicações à Agetran são técnicas, de pessoa que “estão indo realmente trabalhar, e não apenas para atender favores pessoais”.

Jornal Midiamax