A Coligação Majoritária “MS Cada Vez Melhor”, do candidato ao governo Nelsinho Trad (PMDB), pediu a impugnação do registro de candidatura do candidato ao Senado pelo PT, Ricardo Ayache. O petista tem sete dias para apresentar defesa.

O pedido foi protocolado no fim da tarde de domingo (13). O relator será o juiz de direito Geraldo de Almeida Santiago. Mas só nesta terça-feira (15) é que o candidato foi notificado. O petista terá sete dias para apresentar a contestação à impugnação.

Segundo a assessoria de Ayache, a alegação foi sobre o prazo de desincompatibilização. A coligação alegou que o ex-presidente da Cassems deveria ter se desligado da instituição seis meses antes da eleição – no dia 5 de abril -, e Ayache se afastou com quatro meses. Mas a assessoria explicou que a Cassems não é um órgão público e, por isso, o prazo não é seis meses.