Política

Ao custo de até R$ 9 mil por exibição, Bernal vai à TV reclamar por perder a prefeitura

Não foi informado qual o custo total das veiculações, nem quem está bancando. Os vereadores tentaram tirar a propaganda do ar, mas a Justiça negou.

Arquivo Publicado em 19/03/2014, às 14h29

None

Não foi informado qual o custo total das veiculações, nem quem está bancando. Os vereadores tentaram tirar a propaganda do ar, mas a Justiça negou.

Cassado há uma semana pela Câmara Municipal, o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, foi à TV para reclamar da cassação. Em um vídeo de 30 segundos, com custo de exibição que pode chegar aos R$ 9 mil, ele nega as irregularidades pelas quais perdeu o cargo em julgamento na Câmara Municipal.

A TV Morena, canal onde o vídeo está sendo veiculado, não informa a origem do material, tão pouco o custo do espaço comprado para sua divulgação. Fontes ligadas ao mercado publicitário revelam que uma veiculação em horário nobre, por exemplo, chega a custar até R$ 9 mil.

O material foi produzido pela Macarena Vídeo e também não foram informados valores. Ao final do vídeo, Bernal diz: “vamos juntos retomar o trabalho por uma Campo Grande melhor de verdade”.

Desde que foi cassado, Bernal mantém mensagens no Facebook e participou de protesto no Centro da cidade que reuniram aproximadamente 100 pessoas e são considerados fiascos pelos adversários. Enquanto isso, continuam as derrotas do ex-prefeito na Justiça.

Jornal Midiamax