Política

Alcides Bernal admite conversação com PTB e pode ser candidato ao Senado em 2014

Cassado em março deste ano pela Câmara Municipal, o ex-prefeito aguarda definição do PTB para ser candidato ao Senado.

Arquivo Publicado em 24/06/2014, às 11h40

None
1336574203.jpg

Cassado em março deste ano pela Câmara Municipal, o ex-prefeito aguarda definição do PTB para ser candidato ao Senado.

O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), admitiu a possibilidade de disputar o Senado numa aliança com PTB. Segundo o progressista, o partido já encaminhou ofício ao possível aliado e aguarda a decisão da convenção do PTB que será realizada nesta terça-feira (24).


“O PP está com conversa encaminhada com PTB. Encaminhei ofício ao partido para eu ou ele (PTB) ser candidato ao Senado e ao governo”, afirmou Bernal. O ex-prefeito explicou que a ligação com o PTB se afinou por “ser um partido que repudiou golpe criminoso em Campo Grande”.


Bernal disse que aguarda a decisão do PTB para encaminhar o rumo do PP. O PTB realiza sua convenção na manhã de hoje. Caso o partido não lance candidatura própria, o PP ainda pode caminhar sozinho, como em 2012 na Capital, ou se aliar ao PT.


“Queremos uma chapa com condições de tempo na TV e no rádio e que pregue a mudança. O PP apresenta esta opção aos eleitores”, disse. Bernal disse que o objetivo do PP nesta disputa  é eleger deputados estaduais, federais e senador.


O outro caminho do PP é se aliar com PT. “Temos o compromisso de apoiar a reeleição da presidente Dilma e temos uma boa conversa com senador Delcídio”, finalizou. O PP apoia o governo federal e pode refletir no Estado com a pré-candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT).




Jornal Midiamax