O vereador por Jateí, Jeovani dos Santos (PSD), é o novo presidente da União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul. Jeovani venceu o vereador de Dourados, Maurício Lemes Soares (PSB), por 398 votos a 179.

A eleição aconteceu na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, durante a 9ª edição do Seminário de Vereadores, onde também ocorreram debates, palestras e troca de experiências entre legisladores e autoridades dos demais poderes e da União.

Cerca de 840 vereadores, de 50 câmaras municipais, que pagam uma contribuição mensal que gera uma arrecadação de 12 mil reais, estavam aptos à votação

No oitavo mandato consecutivo como vereador em Jateí, Jeovani dos Santos, junto com seu vice, Marcelino Nunes (PSB), de Ponta Porã, assumem a presidência de Edílson Seikó Miahira (PSDB), de Jaraguari.

O propostas do novo presidente são a de realizações de seminários de dois em dois meses, e, dividir o Estado em nove pólos. Construir um hotel de trânsito e criar representações regionalizadas para os vereadores. Outro ponto, que gera reclamações de vereadores é sobre dívidas que União da Câmara possui.

Rose Modesto (PSDB), vereadora de Campo Grande, que representava o último presidente, Edílson Seikó, esclareceu durante o seminário, que os débitos de 2003 são referente ao INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) e já estavam sendo pagos em parcelas na administração de Seikó. “A nova gestão vai ter que dar continuidade ao pagamento das dividas”, disse.