Política

Presidente do DEM analisa como desgastante e sem avanço os seis primeiros meses de Bernal

O presidente municipal do DEM, vereador Airton Saraiva, não gostou do que viu nos primeiros seis meses de administração do prefeito Alcides Bernal (PP). Um dos maiores opositores do prefeito na Câmara, Saraiva avaliou o início como desgastante e sem grandes avanços. “Os seis primeiros meses foram tumultuados, difíceis e com poucas ações. Foi de […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 15h35

None

O presidente municipal do DEM, vereador Airton Saraiva, não gostou do que viu nos primeiros seis meses de administração do prefeito Alcides Bernal (PP). Um dos maiores opositores do prefeito na Câmara, Saraiva avaliou o início como desgastante e sem grandes avanços.

“Os seis primeiros meses foram tumultuados, difíceis e com poucas ações. Foi de muito desencontro com o Legislativo. Não achei bom. Muito desgastante e ele não teve nenhum avanço na área da construção civil, social ou da saúde. Foi muita discussão e poucas ações”, analisou.

O vereador disse que está aguardando para ver se a partir de agora o prefeito consegue engrenar a administração, já que hoje, em uma das raríssimas aparições, foi à Câmara falar com os vereadores e apresentar um projeto.

“Os primeiros seis meses não foram bons. Foram muito aquém daquilo que esperava, tendo em vista esta distância entre Executivo e Legislativo, que atrapalhou algumas ações que poderiam ser feitas se os Poderes tivessem realmente esta harmonia, falando na mesma direção”.

Na avaliação do vereador, esta falta de harmonia entre os Poderes acabou prejudicando o desenvolvimento do Município no primeiro semestre. Saraiva foi um dos maiores críticos ao prefeito nos primeiros seis meses. A maior parte das brigas aconteceu por reclamações quanto a falta de diálogo e pelo fato do prefeito fazer várias críticas à Câmara por meio de redes sociais. O vereador pertence ao grupo que está avaliando a possibilidade de processar Bernal por danos morais por conta de algumas destas declarações, que também aconteceram por meio da imprensa.

Jornal Midiamax