Política

Câmara de Campo Grande segue sem solução para abrigar oito novos vereadores

O presidente da Câmara de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB), disse na primeira sessão após a eleição dos 29 novos vereadores que está preocupado com a falta de espaço da Câmara para abrigar mais oito integrantes. Segundo ele, a Casa ainda aguarda uma solução do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). Siufi avaliou que não há tempo […]

Arquivo Publicado em 09/10/2012, às 18h01

None
515814024.jpg

O presidente da Câmara de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB), disse na primeira sessão após a eleição dos 29 novos vereadores que está preocupado com a falta de espaço da Câmara para abrigar mais oito integrantes. Segundo ele, a Casa ainda aguarda uma solução do prefeito Nelsinho Trad (PMDB).


Siufi avaliou que não há tempo para fazer as reformas pretendidas, no valor de R$ 500 mil. No projeto, ele pretendia fazer um novo estacionamento, aumentar a área do plenário, criar uma sala para a imprensa e melhorias gerais no prédio, que incluía uma acessibilidade maior.


O presidente da Câmara acredita que a solução será improvisar e dividir o espaço existente. Siufi já fez várias críticas ao prédio atual, dizendo que ele parece uma caixa de presente, todo cartonado. “Imagina o ex-governador Zeca do PT chegar aqui e não encontrar uma sala. Ele já está batendo na gente antes de chegar”, brincou Siufi ao falar da preocupação com o pouco tempo para adaptar o prédio.


A Prefeitura de Campo Grande enfrenta uma briga judicial com os donos do prédio da Câmara, que acusam a administração municipal de ficar no prédio sem pagar aluguel. Os novos vereadores serão empossados no dia 1º de janeiro e o aumento de 21 para 29 vagas se deve a mudança na legislação federal.

Jornal Midiamax