Política

Bernal é o candidato com menor índice de rejeição, aponta DATAmax

Empatados na segunda colocação, também com baixos índices, estão Reinaldo Azambuja e Marcelo Bluma

Arquivo Publicado em 24/07/2012, às 10h22

None
1323759025.png

Empatados na segunda colocação, também com baixos índices, estão Reinaldo Azambuja e Marcelo Bluma

Dos sete candidatos a prefeito de Campo Grande, o deputado estadual Alcides Bernal (PP) aparece com menor índice de rejeição, como aponta pesquisa do Datamax/Televox. Dos 480 entrevistados, apenas 3% informaram não votar no parlamentar.


Empatados na segunda colocação com menor índice de rejeição, estão o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e o vereador Marcelo Bluma (PV). Ambos figuram com 4% de reprovação entre eleitores campo-grandenses.


O professor Sidney Melo (Psol) figura com 5% de rejeição, dois pontos percentuais a menos que o funcionário público Suél Ferranti (7%), candidato a prefeito pelo PSTU.


Os mais rejeitados


Por outro lado, os deputados federais Vander Loubet (PT) e Edson Giroto (PMDB), representantes dos maiores partidos do Estado, figuram no topo da pesquisa no quesito rejeição.


No total, 13% dos entrevistados informaram jamais votar no candidato governista, enquanto 19% se recusam a eleger o petista.


A amostragem informa ainda que 26% dos eleitores não rejeitam nenhum candidato e 16% preferiram não se manifestar.




Estratificação


Alcides Bernal não tem rejeição na classe A e seu maior índice, 5,1% ocorre na classe D.  Reinaldo Azambuja tem a menor rejeição na classe C, 2,7%, e a maior, 5%, na A. Marcelo Bluma tem a maior resistência na classe A, 11,8%, e a menor na classe D, 1,5%.

Edson Giroto tem a maior rejeição na classe B, 17,4%,  e a menor, 7,5% na D. Vander Loubet tem o maior índice na A, 29,4%, e a menor rejeição na classe D, com 13,4%.

O instituto de pesquisa ouviu 480 pessoas entre 14 a 18 de julho. A margem de erro, para mais ou para menos, é de 4,5% e o grau de confiança é de 95%. O registro foi efetivado no dia 18 com o número MS-00058/2012, em nome de Televox (contratado) e Cenpar Comunicação S/S LTDA (contratante).

Jornal Midiamax