Política

Apoio do PP a Giroto não passa de boataria para atingir candidatura de Bernal, diz Delcídio

O senador Delcídio do Amaral (PT) não acredita no recuo do projeto de candidatura própria do PP em Campo Grande. Para ele, a aproximação dos progressistas com o deputado federal Edson Giroto, pré-candidato a prefeito pelo PMDB, não passa de uma “forte campanha de boataria para desestabilizar o Alcides Bernal”, pré-candidato a prefeito pelo PP. […]

Arquivo Publicado em 21/04/2012, às 11h09

None

O senador Delcídio do Amaral (PT) não acredita no recuo do projeto de candidatura própria do PP em Campo Grande. Para ele, a aproximação dos progressistas com o deputado federal Edson Giroto, pré-candidato a prefeito pelo PMDB, não passa de uma “forte campanha de boataria para desestabilizar o Alcides Bernal”, pré-candidato a prefeito pelo PP.


A convicção leva em consideração conversa com o presidente nacional do PP, senador Francisco Dornelles (RJ). “Na quinta-feira (19), ele me disse que a candidatura do partido na Capital está mantida”, contou. “Sem vacilar, o Dornelles destacou que o Alcides assumiu o comando do partido no Estado para disputar a prefeitura”, acrescentou Delcídio.


Ainda sobre a confiança de Giroto em conquistar o apoio de Bernal, o senador petista reforçou mais uma vez acreditar em estratégia dos adversários para prejudicar o deputado, que conforme pesquisas preliminares de opinião pública lidera a corrida eleitoral. “São as velhas táticas da política para enfraquecer o adversário”, comentou Delcídio.


Candidatura de Zeca a vereador


Em relação ao anúncio do ex-governador Zeca do PT de concorrer à vaga de vereador, Delcídio projetou resultados positivos à chapa proporcional. “Cria condições de o PT e seus aliados eleger uma ampla bancada de vereadores”, afirmou.

Jornal Midiamax