Política

Líder do PMDB quer prioridade para reformas política e tributária

O deputado Henrique Eduardo Alves (RN), reconduzido à liderança do PMDB, aponta como prioridade tanto de seu mandato como do partido e da Casa a aprovação das reformas política e tributária. O deputado, que está em seu 11º mandato consecutivo na Câmara e está na liderança do partido desde 2007, disse que os critérios tributários […]

Arquivo Publicado em 02/02/2011, às 15h21

None

O deputado Henrique Eduardo Alves (RN), reconduzido à liderança do PMDB, aponta como prioridade tanto de seu mandato como do partido e da Casa a aprovação das reformas política e tributária.

O deputado, que está em seu 11º mandato consecutivo na Câmara e está na liderança do partido desde 2007, disse que os critérios tributários precisam ser modificados para privilegiar os municípios.

O parlamentar defende uma reforma política ampla, mesmo que fatiada, com algumas medidas a ser aplicadas à eleição municipal e outras à eleição nacional. Entre os pontos principais, o deputado destacou a revisão do financiamento de campanha e a adoção do voto distrital para votações majoritárias.

Segurança e saúde

Alves também ressalta a necessidade de uma política nacional de segurança pública. De acordo com ele, a valorização dos policiais como a aprovação do piso salarial para os policiais, previsto na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, é um item importante, mas não o único. “Tem que melhorar a tecnologia, reforçar as fronteiras”, afirmou.

O líder do PMDB descarta a possibilidade de apoiar a criação de um novo imposto para financiar a saúde. O deputado disse que é necessário reorganizar melhor os recursos atuais e cobrar maior responsabilidade em sua aplicação. Ele defende a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que destina mais recursos para o sistema público de saúde. O financiamento e a gestão da saúde são dois grandes “gargalos” do País, segundo Alves.

Perfil

O advogado Henrique Eduardo Alves já foi secretário de Governo e de Projetos Especiais do Rio Grande do Norte de 2001 a 2002. É o deputado com maior número de mandatos na atual legislatura. Ele está em seu 11º mandato consecutivo de deputado federal. Foi presidente das comissões de Comunicação; de Constituição e Justiça; de Legislação Participativa; e de Trabalho, Administração e Serviço Público.

Jornal Midiamax