Motorista de um trator foi flagrado dirigindo a máquina de grande porte pela Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande, enquanto comia e mexia no celular. Em um curto período, ele cometeu duas infrações de , que podem render até 11 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O homem estava dirigindo o trator, com um pote de açaí em mãos e mexendo ao celular enquanto parado no semáforo. Mesmo com o veículo parado, mexer no celular é infração de trânsito gravíssima.

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, o Art. 252 estabelece que é permanentemente obrigatório manter as duas mãos ao volante, em exceção somente quando o motorista precisa trocar a marcha do veículo ou quando for para ligar o para-brisa e o farol.

Conduzir o veículo falando no celular, considerada infração média, sujeita a de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH. Mas dirigir o veículo manuseando celular é infração gravíssima, com 7 pontos na CNH e multa de R$ 293,47.

Ainda, por se tratar de veículo considerado de maior porte e lento, o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) prevê que o tráfego seja pela faixa da direita, já que a faixa da esquerda é destinada a veículos mais rápidos. Assim, o condutor do trator incorreu à infração 185 II – “deixar de conservar nas faixas da direita o veículo lento e de maior porte”, considerada de natureza média.

Comer ao volante é infração de trânsito

Comer enquanto dirige também é considerado infração de trânsito, isso porque o motorista deve estar com as duas mãos no volante e atento ao trânsito. Bem como fumar ou qualquer outra ação que exija retirar as mãos do volante e mudar o foco da direção.

Quem for flagrado comendo enquanto dirige está sujeito a infração média, com 4 pontos na CNH e multa de R$ 130,16.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok