Um jovem identificado como Mateus Magoli de Souza, de 23 anos, morreu após sofrer um acidente com a motocicleta de um amigo, na madrugada deste domingo (7), na MS-040, em Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi acionada e, no local, encontraram o corpo de Mateus ao lado de uma motocicleta Honda Twister de cor amarela.

Segundo o registro policial, testemunhas informaram que a vítima fatal é funcionário de uma fazenda. Na noite deste sábado (6), Mateus participava de uma confraternização com os colegas que também trabalham na propriedade.

Após o encerramento da festa, todos os funcionários foram para os respectivos dormitórios. O proprietário da motocicleta relata que, na manhã de hoje, foi acordado por trabalhadores dizendo que o veículo estava em um matagal, próximo à rodovia, ao lado de uma pessoa morta.

Testemunhas acreditam que, em um momento de distração, Mateus pegou a motocicleta do colega, mas acabou perdendo o controle do veículo e sofrendo o acidente.

Ele atravessou a rodovia, rompendo três fios baixos da cerca de arame que demarca o pasto. A motocicleta ficou completamente danificada e o Mateus morreu no local. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Cepol.

Trânsito violento

De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), nos três primeiros meses de 2024, 72 pessoas morreram em acidentes de trânsito em Mato Grosso do Sul, sendo 11 delas em Campo Grande.

Das mortes ocorridas na Capital, três delas envolvem jovens. Um exemplo aconteceu no mês de março, quando, no mesmo dia, dois condutores de motocicletas morreram em acidentes.

Wesley Ramão, de 23 anos, sofreu um acidente na avenida Gury Marques, na saída para São Paulo. Ele teria sido fechado por um caminhão que iria fazer uma conversão, colidiu e morreu na hora.

Horas depois, o motoentregador Kauê Felipe Bezerra, de 28 anos, foi vítima de outro acidente. Em rua sem iluminação no bairro Bosque do Avilan, ele colidiu em um veículo que fez uma conversão e morreu no local.

O motoentregador seguia pela Avenida Monte Castelo no sentido norte-sul e o condutor do Honda Fit pela mesma via, no sentido contrário. No cruzamento com a Rua Antônio Maria Teixeira Ale, o motorista de 38 anos fez uma conversão à esquerda, quando houve a batida da moto de Kauê contra a lateral direita do carro.