Em 2024, a concessionária registrou 164 ocorrências de interrupção de por causa de pipas, afetando 149.495 clientes. Já em 2022 foram 132 ocorrências com 124.919 clientes afetados. A concessionária, ressalta a a proibição por lei do uso de cerol ou linha chilena.

Em 8 de janeiro na Capital, a GCM (Guarda Municipal Metropolitana) apreendeu mais de 80 carretéis de linha com cerol e linha chilena, além de 31 pipas com materiais cortantes.

“Uma pipa enroscada na rede pode causar o rompimento de um cabo da rede de distribuição, devido ao poder cortante da linha chilena ou cerol, utilizado indevidamente, gerando interrupção no fornecimento de energia, podendo afetar um bairro inteiro, ou até mesmo uma cidade. Vale ressaltar que o cabo rompido ao solo pode estar energizado e causar um acidente com choque elétrico”, disse o coordenador de Construção e Manutenção da Energisa MS, João Ricardo Costa Nascimento.

Tragédia

No último sábado, Cátia Pavaneli Cardoso, de 34 anos, morreu vítima de um acidente com linha com cerol em Três Lagoas, a 323 quilômetros de Campo Grande. Ela estava com o filho na motocicleta quando foi atingida.

Cátia seguia na CG Titan 150 vermelha, com o filho na garupa, e passava pela Rua Rogaciano Garcia Moreira. Em determinado momento, teve o pescoço cortado pela linha com cerol, se desequilibrou da moto e caiu.

Confira algumas orientações dadas pela empresa de energia.

  • Empine pipas longe da rede elétrica, onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular;
  • Busque espaços abertos como praças, parques e campos de futebol para usar o brinquedo;
  • Não solte pipas em canteiros centrais de ruas, avenidas, rodovias ou qualquer lugar onde exista fluxo de veículos;
  • Não utilize papel alumínio na confecção da pipa;
  • Caso a pipa enrosque nos fios, é melhor desistir do brinquedo. Não tente pegar a pipa na fiação, nem com as mãos, bambus ou qualquer outro objeto;
  • Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos;
  • Tenha cuidado com ciclistas e motociclistas, pois as linhas não podem ser vistas por eles e causar graves acidentes.
  • Sempre que possível, os pais devem acompanhar as nessa brincadeira. A conscientização é fundamental para reduzir transtornos e acidentes.

Em caso de acidentes envolvendo a rede elétrica, acione a Energisa pelos canais de atendimento:
Aplicativo: Energisa On
Site: www.energisa.com.br
WhatsApp (Gisa): www.gisa.energisa.com.br
Call Center: 0800 722 7272