O trânsito de Mato Grosso do Sul nesse registrou 15 acidentes que causaram a morte de nove pessoas, no interior e também na Capital. Entre as vítimas está um trio de jovens missionários que saíram de carro em com destino a Porto Velho (RO) para um evento na Igreja Assembleia de Deus da Capital de Rondônia, e morreram após colisão com uma carreta, na BR-364, região de Ariquemes.

Os acidentes começaram ainda na noite de sexta-feira (4), quando um motociclista ficou com ferimentos leves ao colidir na traseira de uma viatura do Corpo de Bombeiros, na Rua Joaquim Murtinho. A equipe seguia para outro acidente envolvendo carro e moto na Avenida Ceará e a viatura precisou frear, quando foi atingida pelo motociclista. O rapaz foi socorrido pelos Bombeiros com ferimentos leves.

Um motociclista de 29 anos foi atingido por um outro veículo que estaria “costurando” o trânsito em alta velocidade, por volta das 23h30 de sexta-feira (4), na Avenida Cônsul Assaf Trad. A vítima caiu no asfalto, mas o condutor fugiu do local sem prestar socorro.

Após a queda, a vítima conseguiu retornar para casa, onde foi levado até o Hospital Militar por familiares. Não foi constatada nenhuma fratura, mas ele ficou com escoriações nos braços, costas e pernas. Além disso, a ficou danificada. 

Carretas pegam fogo e adolescente morre na Capital

Uma carreta bicaçamba carregada com pó de gesso caiu em uma ribanceira, localizada na região conhecida como “Serra da Morte”, na BR-060, em Nioaque, a 171 km de Campo Grande. O condutor, identificado como Antônio, perdeu os freios da carreta na descida da rodovia. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O acidente aconteceu na sexta.

E ainda na sexta-feira, um jovem de 29 anos, identificado como Loan Daniel Silva Ferreira, morreu após perder o controle da motocicleta que conduzia, na MS-340, em Bandeirantes. Ele estava sem capacete e foi de encontro a pedras na rodovia, onde bateu a cabeça e acabou morrendo na hora.

O jovem caiu na entrada de uma chácara da região e os moradores do local encontraram o corpo dele no momento em que iam para a missa. As autoridades foram acionadas, mas o rapaz já estava sem sinais vitais.

No sábado (5), durante a manhã, um motorista de 35 anos precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros depois que um caminhão caçamba invadiu a pista contrária da Rua Pindaré, no Bairro Jardim Colúmbia, e atingiu o carro. O caminhão bateu de frente e o veículo da vítima, um Corsa, ficou destruído em Campo Grande.

Um motorista, identificado como Crispimiano Aparecido de Oliveira, de 51 anos, morreu carbonizado em um acidente envolvendo três carretas, na MS-112, entre e Cassilândia, na manhã de sábado (5). O boletim de ocorrência aponta que uma carreta Volkswagen seguia sentido a Cassilândia, quando o veículo apresentou pane e o caminhão ficou parado na pista, na subida. 

Uma carreta Scania carregada com bloco, que vinha no mesmo sentido atrás, percebeu o veículo parado na pista e fez uma ultrapassagem em faixa contínua. Nesse momento, Crispimiano vinha sentido contrário em uma Scania carregada com milho e acabou batendo de frente com a carreta que fazia a ultrapassagem. Com o forte impacto da colisão, as três carretas pegaram fogo e o motorista, de 51 anos, preso às ferragens e morreu carbonizado. 

Romeu Ferreira Borges, de 59 anos, morreu em um acidente na MS-384, na tarde de sábado (5) em Caracol, cidade a 387 km de Campo Grande. O veículo, um caminhão de carga, conduzido pela vítima, teria caído em um buraco às margens da rodovia.

Segundo o boletim de ocorrência, Romeu havia saído de Porto Murtinho com destino à Bela Vista. Uma ambulância do hospital local foi acionada e os funcionários constataram a morte do motorista. A Polícia Militar Rodoviária também foi acionada.

Dois motociclistas, identificados como Edson Vilalba e Gilmar Almeida de Souza, morreram na noite de sábado (5), na BR-060, em Bela Vista, após um dos condutores tentar ultrapassar uma carreta. Com isso, houve uma colisão com a outra motocicleta que seguia no sentido contrário. O Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Perícia e PRF (Polícia Rodoviária Federal) foram acionadas.

E por volta da meia-noite desse sábado (5), o campo-grandense Samuel Mark Evangelista Segovia, de 20 anos, Camila Martins Veríssimo, 20, do e David da Silva Santos, de 21 anos, de Itaitinga (CE), morreram em um acidente entre carro e carreta na BR-364, região de Ariquemes (RO).

Eles fazem parte da organização cristã Jocum (Jovens Com uma Missão) e saíram de carro, um Ford Fiesta, em Campo Grande com destino a Porto Velho (RO) para um evento na Igreja Assembleia de Deus da Capital de Rondônia. No veículo havia mais outras duas jovens, uma de Campo Grande e outra do , de 23 e 22 anos, que sobreviveram à colisão e foram socorridas.

No domingo (6), um adolescente, de 15 anos, que dirigia um EcoSport, perdeu o controle da direção e bateu em uma árvore, na Avenida Conde de Boa Vista, no bairro Tijuca, causando a morte do passageiro do veículo. Segundo apurações, o adolescente teria pegado o veículo escondido do pai, que o procurava desde as 4 horas da madrugada, até que ficou sabendo do acidente. 

O homem, pai do motorista, compareceu no local do acidente e ficou bastante abalado. O garoto foi socorrido em estado grave para a Santa Casa. O passageiro, que morreu, também seria menor de idade. 

Em mais um acidente entre carro e árvore na manhã de domingo (6) em Campo Grande, um homem, de 40 anos, ficou ferido e foi socorrido após bater o carro na avenida Ernesto Geisel. O veículo passou reto em uma curva, subiu o meio fio e bateu na árvore.

Ele teria saído cambaleando do carro, mas não ficou comprovado se ele estaria alcoolizado ou se seria pelo choque da colisão. A vítima teve um corte no pescoço e foi levada para a UPA Coronel Antonino.

Uma carreta foi destruída pelo fogo após sair da pista e cair em um buraco às margens da BR-262, em Corumbá, no domingo (6). O motorista e ajudante foram salvos, sendo um deles socorrido por pessoas que passavam pelo local. O outro saiu ileso e ficou no local. O motorista contou que o pneu da frente do caminhão furou, o que teria ocasionado o acidente.

Por volta do meio-dia de domingo (6), um veículo Chery capotou após furar a preferencial, na Rua Juiz de Fora e atingir um Pegeout, que seguia pela Rua Cristóvão de Barros, no Jardim Seminário. Com a batida, o Chery acabou capotando no cruzamento, enquanto o Pegeout atingiu o muro de uma residência. A passageira que estava no veículo que furou a preferencial precisou de atendimento médico e foi encaminhada para a Santa Casa.

Já durante a tarde, uma motorista mulher foi socorrida pelo porta malas, após o carro, um HB20, de cor prata, capotar, no cruzamento das ruas Cândida Lima de Barros com a Marquês de Pombal, no Jardim São Lourenço, em Campo Grande. Apesar do susto, ninguém se feriu. O Corpo de Bombeiros e o BPMTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) foram acionados.

Um motorista, identificado como Rafael Fernandes de Farias, de 19 anos, capotou o carro, um Citröen, de cor vermelha, e morreu ao ser arremessado na MS-147, próximo a Vicentina, na noite desse domingo (6).

Rafael trafegava pela rodovia, na região da linha Caraguatá, quando acabou perdendo o controle do carro capotando várias vezes. Com o impacto, ele foi arremessado do veículo, sofrendo uma fratura no braço direito, corte na cabeça, lesão no tórax e escoriações.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao hospital na cidade de Vicentina, mas não resistiu e morreu. 

Um homem identificado como, Gilvanio Correa Dantas, de 41 anos, morreu na noite desse domingo (6), na MS-080 em Corguinho, a 96 quilômetros de Campo Grande, após ser atropelado na estrada. O acidente aconteceu por volta das 19h40 quando, segundo o motorista do caminhão, Gilvanio entrou em sua frente repentinamente, e ele não teria conseguido evitar o atropelamento. 

O socorro chegou a ser acionado. Mas, a vítima morreu no local. “Ele entrou na minha frente”, disse o caminhoneiro para os policiais que atenderam a ocorrência. Não há informações se foi feito teste do bafômetro no motorista.