O acidente que envolveu quatro veículos na manhã desta segunda-feira (3) e que causou a morte do motociclista Roberto Silva dos Santos, de 59 anos, na BR-163, em Campo Grande, foi causado por um caminhão boiadeiro desgovernado.

Conforme apurado, seguiam sentido Cuiabá, uma motocicleta e logo atrás vinha um Fiat Strada. Ainda por motivos a serem esclarecidos, o caminhão desgovernado bateu na traseira da Strada e consequentemente bateu na moto que seguia à frente.

(Foto: Nathalia Alcântara, Midiamax)

Em seguida, o caminhão invadiu a pista contrária e atingiu Roberto, que seguia sentido sul. Roberto morreu no local, antes da chegada do socorro.

Com o impacto da colisão, a Strada rodopiou na pista e colidiu contra um poste às margens da rodovia. O motorista, Marcelo Rodrigues, de 45 anos, contou ao Jornal Midiamax, que estava indo atender um cliente na saída para Cuiabá, quando foi atingido.

O outro motociclista foi socorrido em estado grave para a Santa Casa.

Já o caminhoneiro não ficou ferido. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163 em MS, estão no local.

O trânsito no trecho foi bloqueado nos dois sentidos para o trabalho da perícia. A fila de veículos chega a cerca de 3 quilômetros de congestionamento.

Congestionamento na BR-163 após acidente com morte. (Nathalia Alcântara, Midiamax)