Segue internado, na de Campo Grande, o homem de 40 anos que sofreu um acidente, no Bairro Leblon, no dia 15 deste mês. Edilaine Valdez Cáceres, de 34 anos, morreu com a batida.

Segundo a assessoria da Santa Casa, o paciente segue na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave, mas estável, traqueostomizado, no processo de retirada da sedação, aguardando cirúrgica da bucomaxilo após estabilização do quadro clínico.

O acidente aconteceu na noite do dia 15 deste mês, por volta das 22 horas. A moto em que Edilaine estava ‘rampou' cerca de 36 metros após passar pelo quebra-molas, que não tinha sinalização de faixas pintadas na transversal. A placa que indicava o quebra-molas estava totalmente encoberta por uma árvore.

Após o acidente que acabou na morte de Edilaine e de várias de moradores, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) mudou a placa escondida em árvore de lugar e reforçou a sinalização.

A placa que estava atrás dos galhos, escondida, foi para frente e os galhos foram podados. Além disso, o quebra-molas, que estava ‘invisível', recebeu nova pintura. No outro sentido, as árvores próximas também foram podadas.