Após acidente com morte na Rua Tamoio, no Bairro Jardim Leblon, na noite da última terça-feira (15), a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) mudou a placa escondida em árvores de lugar e reforçou a sinalização.

Conforme apurado pelo Midiamax no local, a placa que estava atrás dos galhos, escondida, foi para frente e os galhos podados. Além disso, o quebra-molas, que estava ‘invisível’, recebeu nova pintura. No outro sentido, as árvores próximas também foram podadas.

Uma moradora, que preferiu não se identificar, disse que recentemente houve outro acidente com motociclista, que se machucou e precisou ser encaminhado para UPA. “Direto estou em casa e ouço o barulho de moto freando e já falo ‘atropelaram o quebra-molas’. No último acidente o rapaz se machucou bastante”, disse.

Acidente

Por volta das 22h56 da terça-feira (15), a vítima morreu após rampar no quebra-molas, perder o controle da direção e bater em um poste. No local, não havia sinalização visível indicando que há quebra-molas na rua. O problema aconteceu porque a placa estava totalmente encoberta por uma árvore.

Com a batida, a mulher teve traumatismo craniano e quebrou o pescoço. A vítima tinha uma tatuagem de andorinha no pescoço.

Além da árvore que encobria a placa, o quebra-molas não tinha sinalização horizontal – aquelas faixas pintadas no asfalto. Assim, para quem transita pelo local, principalmente à noite, a situação fica ainda mais perigosa e gera revolta de moradores.