Radialista de 67 anos morre atropelado quando andava de bicicleta em cidade de MS

O motorista se apresentou horas depois com advogado
| 16/04/2022
- 10:55
Radialista de 67 anos morre atropelado quando andava de bicicleta em cidade de MS
Radialista não resistiu aos graves ferimentos (Foto: Diário Corumbaense)

No início da manhã deste sábado (16), o radialista Ronaldo Ney Pinto de Santana, de 67 anos, faleceu vítima de atropelamento em Corumbá, cidade a 444 quilômetros de Campo Grande. Ele andava de bicicleta quando foi atingido por um e o motorista fugiu do local.

Conforme as informações do boletim de ocorrência, por volta das 6 horas, Ronaldo andava de bicicleta quando foi atingido por um Onix de cor escura. A vítima chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada ao , mas não resistiu aos ferimentos.

Ronaldo sofreu fraturas pelo corpo e grave afundamento no tórax. A princípio, o motorista do carro teria se apresentado no hospital com o advogado. O caso foi registrado como deixar de prestar socorro e praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Veja também

Ele foi socorrido em estado grave e levado para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos

Últimas notícias