o funileiro Ricardo Santana Castilho, de 18 anos, morreu

Ricardo foi atropelado por um caminhão de gás que estaria em alta velocidade. Segundo testemunhas, ele trabalha em uma oficina que fica nas proximidades. O motorista se apresentou à polícia horas depois, acompanhado de um advogado.

Ele declarou que seguia pela Rua Antônio Amaro de Matos quando, ao se aproximar do cruzamento com a Rua Dom Pedro 1, vinha um ciclista em sentido contrário. Após realizar a conversão, ele não teria visto a vítima, que estava “deitada no asfalto na sombra de uma árvore”.

Em seguida, teria recebido um telefonema de um colega de trabalho, e então foi avisado sobre a morte. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Dourados.

Confira o vídeo:

(Vídeo: Reprodução/ Dourados News)