Polícia / Trânsito

Idosa morre no hospital horas após ser atropelada ao atravessar a rua

Uma idosa de 65 anos morreu no hospital horas após ser atropelada por um carro nesta segunda-feira (31) em Rio Brilhante, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande. Identificada como Marilda Chimenes Ibarra, a idosa sofreu o acidente por das das 13h na área central e faleceu às 20h no hospital da cidade. Segundo informações, […]

Diego Alves Publicado em 31/08/2020, às 23h16 - Atualizado às 23h18

 Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Imagem meramente ilustrativa

Uma idosa de 65 anos morreu no hospital horas após ser atropelada por um carro nesta segunda-feira (31) em Rio Brilhante, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande. Identificada como Marilda Chimenes Ibarra, a idosa sofreu o acidente por das das 13h na área central e faleceu às 20h no hospital da cidade.

Segundo informações, Marilda atravessa a rua Benjamin Constant em frente a empresa A Petrofil, por volta das 13h, quando foi atropelada por Fiat Uno, publicou o site Rio Brilhante em Tempo Real.

A idosa que mora próximo ao local do acidente, foi socorrida por uma ambulância e levada ao hospital onde veio a falecer. O motorista do veículo parou no local para prestar socorro. O caso é apurado pela Polícia Civil.

Atropelamentos

Na última sexta-feira (28), duas pessoas morreram atropeladas em Campo Grande. Maristela morreu atropelada por uma caminhonete na Avenida Lúdio Martins Coelho, região do Bairro Bonjardim em Campo Grande.Maristela foi atropelada no momento em que atravessava a via. De acordo com a polícia, o condutor do veículo estava embriagado. Ele recusou-se a fazer o teste de bafômetro, porém, a polícia fez um termo de constatação de embriaguez.

No mesmo dia, no período da manhã, Edson Carlos Silva Carvalho, de 54 anos, morreu depois de ser atropelado na Avenida Guaicurus, em Campo Grande, por um motorista sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Jornal Midiamax