Polícia / Trânsito

Corpo é encontrado sob ferragens de ônibus que tombou a caminho de Campo Grande

um corpo foi encontrado no fim desta manhã, no momento em que o ônibus da viação Umuarama, que havia tombado, foi desvirado pelo Corpo de Bombeiros e por uma equipe da CCR MSVia. Ainda não há informações sobre a identificação da vítima.

Guilherme Cavalcante Publicado em 04/06/2018, às 12h39 - Atualizado em 05/06/2018, às 19h29

(Foto: Rones Cezar | Alvorada Informa)
(Foto: Rones Cezar | Alvorada Informa) - (Foto: Rones Cezar | Alvorada Informa)

O acidente ocorrido na madrugada desta segunda-feira (4) na BR-163 em Nova Alvorada do Sul teve uma vítima fatal confirmada. De acordo com o site Alvorada Informa, um corpo foi encontrado no fim desta manhã, no momento em que o ônibus da viação Umuarama, que havia tombado, foi desvirado pelo Corpo de Bombeiros e por uma equipe da CCR MSVia. A vítima fatal foi identificada como Rosemar da Cunha Arias, 46.

As informações preliminares traziam que dos 23 passageiros a bordo, sete tinham ficado feridos. O veículo havia saído de Mundo Novo e seguia para a Capital quando o motorista teria perdido o controle da direção e tombando ônibus às margens da rodovia, na altura do km 359, trecho que liga Rio Brilhante a Nova Alvorada do Sul.

Segundo o site Alvorada Informa, as vítimas haviam sido levadas com ferimentos leves ao Hospital municipal Francisca Ortega, em Nova Alvorada do Sul. O motorista do ônibus apresentou apenas escoriações e prestou esclarecimentos a PRF, que esteve no local.

Os seis passageiros feridos no acidente, entre eles cinco mulheres e um homem, chegaram há pouco na Santa Casa de Campo Grande e não apresentam lesões graves. Três das vítimas já foram examinadas e passam bem.

Ao Jornal Midiamax, foi informado que Maria de Fátima, uma das vítimas, fraturou o fêmur e reclama de dores abdominais, por isso, permanecerá em observação e passará por exames para averiguação. A outra vítima, Elisia Ferreira, também permanece sendo observada e passará por tomografia, embora não apresente estado de risco.

[Matéria atualizada às 15h10 em 04/06/18]

Jornal Midiamax